To build jQuery, you need to have the latest Node.js/npm and git 1.7 or later. Earlier versions might work, but are not supported. For Windows, you have to download and install git and Node.js. OS X users should install Homebrew. Once Homebrew is installed, run brew install git to install git, and brew install node to install Node.js. Linux/BSD users should use their appropriate package managers to install git and Node.js, or build from source if you swing that way. Easy-peasy. Special builds can be created that exclude subsets of jQuery functionality. This allows for smaller custom builds when the builder is certain that those parts of jQuery are not being used. For example, an app that only used JSONP for $.ajax() and did not need to calculate offsets or positions of elements could exclude the offset and ajax/xhr modules. Any module may be excluded except for core, and selector. To exclude a module, pass its path relative to the src folder (without the .js extension). Some example modules that can be excluded are: .<--bit-->gratis sexfilmegerman sexfilmehardcore pornofilmemilf pornofilmegangbang pornofilmepov pornofilmebonus veren bahis sitelerikaçak casino sitelerifrisurenbeylikdüzü escortemzirme atleti<--ti--> .Note: Excluding Sizzle will also exclude all jQuery selector extensions (such as effects/animatedSelector and css/hiddenVisibleSelectors). The build process shows a message for each dependent module it excludes or includes. As an option, you can set the module name for jQuery's AMD definition. By default, it is set to "jquery", which plays nicely with plugins and third-party libraries, but there may be cases where you'd like to change this. Simply set the "amd" option: For questions or requests regarding custom builds, please start a thread on the Developing jQuery Core section of the forum. Due to the combinatorics and custom nature of these builds, they are not regularly tested in jQuery's unit test process. The non-Sizzle selector engine currently does not pass unit tests because it is missing too much essential functionality.

Os JR West Hotels atraem os viajantes com descontos ‘Go To West Japan’

 Os JR West Hotels atraem os viajantes com descontos ‘Go To West Japan’

“Go To” é a campanha nacional do governo japonês para incentivar o turismo doméstico após a pandemia do coronavírus. O medo de contrair a doença manteve as pessoas em casa, o que teve um impacto terrível na hotelaria do país. Em todo o Japão, as taxas de ocupação de hotéis despencaram, colocando milhares de empregos em risco.

Mas, com precauções sensatas, viajar dentro do Japão pode ser seguro. Faça logon no site do JR West Hotel Group e você pode aproveitar um desconto generoso em viagens. A campanha oferece descontos sem precedentes em oito dos melhores hotéis do oeste do Japão.

JR West espera que sua campanha contribua para mitigar o impacto desastroso que a pandemia teve no setor hoteleiro, que repercutiu nas comunidades locais que dependem do turismo.

Uma das características vencedoras da campanha é que ela permite que os hóspedes fiquem em hotéis participantes por até 24 horas, o que significa que não há necessidade de pressa para fazer o check-out na manhã seguinte. Em vez disso, você pode passar a melhor parte do dia relaxando em seu hotel.

Outro atrativo é o compromisso intransigente dos Hotéis JR West com os mais altos padrões de higiene e limpeza. Com seu compromisso de “Limpeza e segurança”, você pode ter certeza de que tudo o que for humanamente possível foi feito para tornar sua acomodação estéril e não contaminada.

Os membros do esquema JR Hotels Members têm direito a descontos adicionais até um máximo de 14% sobre o preço anunciado e também a pontos, que podem ser usados ​​para compensar o custo de futuras reservas. Eles podem ser usados ​​não apenas ao fazer reservas nos hotéis JR West, mas também em hotéis operados por outras empresas do grupo JR, incluindo os hotéis JR East, os hotéis JR Tokai, os hotéis JR West e os hotéis do grupo JR Kyushu. Tudo isso resulta em um ótimo negócio!

Os hotéis participantes da campanha da JR West Hotels incluem luminares como o Hotel Granvia Kyoto, o Hotel Granvia Osaka, o Hotel Granvia Wakayama, o Hotel Granvia Okayama, o Hotel Granvia Hiroshima, o Hotel Vischio Osaka, o Hotel Vischio Amagasaki e o Nara Hotel.

Diferentes hotéis oferecem diferentes incentivos para ficar, por isso é melhor verificar o site da JR West Hotels para ver o que é oferecido em locais específicos, mas todos eles estão oferecendo estadias de 24 horas.

Por exemplo, o Hotel Vischio Osaka dará às crianças do seu grupo uma colher de Hashitetsu ou Shinkansen como um presente gratuito. Eles também estão distribuindo jogos de cartas do dialeto de Osaka para passar o tempo. Preços a partir de ¥ 8.450 por pessoa, por noite, incluindo café da manhã.

O Hotel Granvia Osaka espera atrair visitantes com seu jantar vencedor da medalha de prata das Olimpíadas da Cozinha Mundial na Exposição Internacional de Ciências Culinárias. Os preços começam em ¥ 30.000 por pessoa, por noite, que inclui duas refeições.

O Hotel Granvia Hiroshima oferece alojamento gratuito para crianças e estacionamento gratuito durante a sua estadia, com preços a partir de ¥ 10.900 por pessoa.

Todos os preços incluem impostos e taxa de serviço. A campanha Go To da JR West está prevista para ocorrer até 31 de dezembro. Para fazer uma reserva, basta acessar o site do JR West Hotels Group, fazer uma reserva no hotel de sua escolha e solicitar um cupom de desconto. Apresente o cupom na recepção ao fazer o check-in e aproveite sua estadia!

O site da campanha JR West Hotels Go To West Japan está aqui.

Para obter detalhes sobre o novo padrão de higiene e segurança de JR West, clique aqui.

Para obter detalhes sobre o esquema de membros do JR Hotel, clique aqui.

Fonte e imagens: Japan Today

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »